sábado, 18 de dezembro de 2010

Bahia fica na frente do Vitória no Ranking da CBF

Bahia fica na frente do Vitória no ranking da CBF

Mesmo sem ganhar um titulo  desde 2002 quando ganhou o campeonato do nordeste o Bahia ficou na frente do Vitória no ranking  da CBF.
Veja  foto abaixo:

 O Bahia ficou ao termino do ano de 2010 na 19ª posição com1358 pontos, enquanto Vitória em  20ª com 1355 ficando apenas atrás do Bahia  por 3 pontos, o Vitória e sua torcida tem tudo para apagar de sua memoria o segundo semestre de 2010 , que foi para o clube um dos piores da ultima década.
Enquanto o esquadrão tem tudo para comemorar mas essa conquista em cima do arque rival ,pois o seu segundo semestre foi só de conquistas, a principal o retorno a elite do futebol nacional,depois a conquista do troféu  de melhor torcida do Brasil em 2010, agora mas essa grande conquista.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Paroquia de Periperi em festa!!!!

Dia  de Festa por Nossa Senhora da Conceição!!!!
Essa quarta-feira(08), foi um dia de festa para a comunidade de Periperi,pois foi o dia de sua padroeira Nossa Senhora da Conceição, que na comunidade recebe o nome da mesma,o dia começou com uma missa festiva, que lotou a igreja matriz.
a Missa  foi celebrada pelo bispo-auxiliar Don Gregório Paixão,a igreja ficou pequena para a grande quantidade de fiéis que compareceram para homenagear sua padroeira, após a missa foi iniciada uma  grande procissão pelas ruas do bairro.
Depois da  procissão todos se reuniram no salão  da paroquia  para uma grande almoço regado a som ao vivo para finalizar as comemorações  do dia de sua padroeira.
Don Gregório Paixão

A festa foi animada!!!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Parabéns Nação Tricolor!!!Torcida de Ouro

Torcida de Ouro!!!

Torcida de ouro - A torcida do Bahia também foi homenageada na noite de gala que premiou os melhores do futebol brasileiro. O presidente do tricolor, Marcelo Guimarães Filho, recebeu o troféu de reconhecimento concedido à torcida mais vibrante da série B do Campeonato Brasileiro de 2010.
Nada mais merecido. De fato, os torcedores do Bahia, cantando em uníssono o  “vamos subir Esquadrão!” em todos os jogos, serviram como grande estímulo para a subida do time à primeira  divisão.
A torcida tricolor foi a campeã de arrecadação e público pagante. Teve uma média de público de 18.654 torcedores e arrecadou nos 19 jogos R$ 8.154.507,30.

Veja  os eleitos  como  melhores do brasileirão!!!
Confira os eleitos da noite:
Goleiro - Fábio (Cruzeiro)
Lateral-direito - Mariano (Fluminense)
Zagueiro pela direita - Dedé (Vasco)
Zagueiro pela esquerda - Miranda (São Paulo)
Lateral-esquerdo - Roberto Carlos (Corinthians)
Volante pela direita - Jucilei (Corinthians)
Volante pela esquerda - Elias (Corinthians)
Meia pela direita - Montillo (Cruzeiro)
Meia pela esquerda - Conca (Fluminense)
Atacante 1 - Jonas (Grêmio)
Atacante 2 - Neymar (Santos)
Melhor técnico - Muricy Ramalho (Fluminense)
Craque da Galera - Conca (Fluminense)
Revelação - Bruno César (Corinthians)
Artilheiro - Jonas (Grêmio)
Torcida de ouro - Bahia
Melhor árbitro - Sandro Meira Ricci (DF)

domingo, 5 de dezembro de 2010

É de segunda, vitória empata e volta a segunda divisão!!!


 

Vitória fica no empate com o Atletico-GO e é rebaixado à Série B

Não deu para o Vitória. Mesmo com o Barradão lotado, o rubro-negro ficou no 0 a 0 com o Atlético-GO neste domingo, 5, pela última rodada do Brasileirão, e foi rebaixado à Série B.
Apesar de ter criado algumas chances, a equipe baiana demonstrou nervosismo e não conseguiu vencer a partida. Com o empate, o Leão chegou aos 42 pontos, mesmo número do adversário, mas foi superado pelo Dragão no número de triunfos (9 contra 11). 
Após o acesso em 2009, o Atletico-GO teve uma bela arrancada no segundo turno e garantiu a permanência na Série A. Já o Vitória caiu de produção na reta final da competição e não conseguiu se livrar da zona da degola. Agora, resta ao rubro-negro disputar a Segundona de 2011 para buscar o retorno à elite do futebol brasileiro.
O jogo O Vitória demontrou nervosismo durante todo o jogo na tentativa de abrir o placar. As inúmeras tentativas da equipe de Antônio Lopes deixou espaços na defesa e o time adversário soube explorar as jogadas de contra-ataque para levar perigo ao gol de Viáfara.

O atacante Marcão, que deu trabalho ao sistema defensivo do Leão, quase marcou para o Atlético-GO. Aos dez minutos, o jogador ganhou jogada com Egídio no meio de campo e arriscou chute de fora da área. A bola passou perto do travessão de Viáfara, mas foi para fora.

O Leão ainda teve duas chances na primeira etapa. Aos 22, o atacante Adailton recebeu passe de Nino Paraiba na área e finalizou de bico, mas mandou para fora. Aos 35, o zagueiro Anderson Martins aproveitou cobrança de falta de Fernando e desviou de cabeça para o gol. A bola raspou a trave esquerda de Márcio, mas não entrou.
Na segunda etapa, o técnico Antônio Lopes colocou o meia Elkeson no lugar de Adailton e substituiu Fernando por Ramon. Com as alterações, o Vitória foi com tudo para o ataque. Aos oito minutos, Junior apareceu livre após cruzamendo de Elkeson e desviou de cabeça para o gol. A bola passou perto da trave direita de Márcio, mas foi para fora.

Sem conseguir marcar, a equipe rubro-negra ficou ainda mais nervosa e quase perdeu o jogo. Aos nove minutos, o zagueiro Anderson Martins falhou no meio-campo e Juninho apareceu livre para marcar. O atacante driblou Viáfara e tocou para o gol, mas Neto Coruja salvou em cima da linha.

O desespero do Leão ficou evidente quando o zagueiro Gabriel Paulista, cria da base rubro-negra, cometeu falta violenta no meio de campo e foi expulso. Com uma jogador a menos, Viáfara ainda salvou duas vezes em finalizações de Juninho e Marcão. Além disso, o goleiro foi para o ataque no fim da partida quando Ramon cobrou falta para a área, mas Márcio afastou o perigo de soco e garantiu o resultado para o Dragão.

Vitória 0x0 Atlético-GO

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Árbitros: Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa/SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Carlos Berkenbrock (Fifa/SC)
Cartões amarelos: Junior, Egídio e Uelliton (Vitória); Agenor, Welton Felipe, Márcio e Robston (Atlético-GO).
Cartão vermelho: Gabriel Paulista (Vitória).
Vitória: Viáfara; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Anderson Martins e Egídio; Neto Coruja, Uelliton e Fernando (Ramon); Henrique (Schwenck), Adailton (Elkeson) e Junior. Técnico: Antônio Lopes.
Atlético-GO: Márcio; Adriano, Gilson, Welton Felipe e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Robston e Elias (Anailson). Juninho (William) e Marcão. Técnico: René Simões.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

TRENS PARAM A PARTIR DE 0H DESTA QUARTA

O diretor de comunicação do Sindiferro, Sindicato dos Trabalhadores de Empresas Ferroviárias do Estado da Bahia, José Raimundo Oliveira,confirmou a paralisação total das atividades da categoria a partir de 0h desta quarta-feira (1º). A decisão foi votada de forma unânime em assembleia realizada na estação da Calçada, na tarde desta terça (30). De acordo com Oliveira, a Companhia de Transportes de Salvador (CTS) já está devendo o vale-transporte e o vale-alimentação dos funcionários e não deve pagar os salários até a próxima sexta-feira (3), conforme o combinado. “Não nos deram nenhuma previsão de pagamento, por isso a paralisação deve emendar até sexta”, reclama o sindicalista. Segundo ele, são três terceirizadas, responsáveis por segurança, bilheteria e serviços gerais, que também estão sem pagar seus funcionários e que, a partir do dia 7, quinto dia útil do mês, devem entrar em greve. “Não estão pagando quem é funcionário, quanto mais terceirizado. Está faltando dinheiro na prefeitura”, afirmou Oliveira.


(Felipe Campos)

Subúrbio recebe Defensoria Pública da Bahia

Profissionais da Defensoria Pública da Bahia irão tirar dúvidas dos moradores do Subúrbio na próxima sexta-feira, 3. O serviço será oferecido das 8h às 12h, na 1ª Igreja Batista do Lobato (Rua Monteiro Lobato, nº 50, Jardim Lobato).




Serão oferecidas informações jurídicas relacionadas a alimentos, guarda, investigação de paternidade, direito de visita, dentre outras questões.



Mais informações sobre a ação devem se obtidas por meio do Disque Defensoria, pelo número 129.

Paróquia Nossa senhora da Conceição de Periperi em Festa!!!!

Novena e Festa de Nossa Senhora da Conceição

A  Paróquia Nossa Senhora  da Conceição de Periperi,localizado no bairro de Periperi,está em festa com a novena e  festa  em homenagem a sua padroeira,que  está sendo realizado desde o ultimo dia 29 e vai até o dia 08, com a festa.
Com o tema "Vocês não podem servir a Deus e às riquezas"(Mt. 6,24b),que também foi tema da campanha da fraternidade desse ano.Além do tema existe o lema que rege esse período de festa  na comunidade "Sob o olhar de Maria, em tudo servir e amar.

Veja logo abaixo a programação:

Dia 29/11 - "Deus nos fortalece para servir à mesa da Palavra".

Animação: Legião de Maria,ConselhoParoquial,Comunidade Nossa Senhora de Fátima e Grupo "Ele está no meio de nós".

Dia 30/11 - "Deus Fortalece para o serviço à mesa da Eucaristia."

Animação: Comunidades: São Francisco,São José e São Sebastião.

Dia 01/12 - "Deus fortalece para serviço da Comunhão,da convivência fraterna".

Animação: Comunidade Cosme da Damião,Grupo Renascer,Banda Trindad e Grupo de Oração e Evangelização.

Dia 02/12 - "Sob o olhar de Maria, valorizando a vida da família, no servir,no partilhar".

Animação: Grupo de Casais,Pastoral do Dizimo,Grupo de Saúde e Escola da família.

Dia 03/12 - "Sob o olhar de Maria,servindo na animação da vida de comunidade".

Animação: Terço dos Homens,Comunidade Santo Antônio.

Dia 04/12 -"Sob o olhar de Maria,servindo ao diálogo ecumênco e intereligioso".

Animação: Comunidade Santa Bárbara,Nossa Senhora Aparecida e Menino Jesus.  

Dia 05/12 - "Sob o olhar de Maria,no cuidado das crianças e adolescente".

Animação: Catequese,Grupo de Jovens,Escolinhas  Comunitárias,Creches e Grupos de Coroinhas "Servidores de Deus".

Dia 06/12 - " Sob o olhar de Maria, servindo na luta  pelos direitos humanos,na construção da cidadania".

Animação: Comunidade São João Evangelista,São Mateus,são Marcos,São Lucas e Pastoral da Criança.

Dia 07/12 - " Sob o olhar de Maria,valorizando a participação da mulher".

Animação: Apostolado da Oração,Comunidade São Judas Tadeu e Madrigal.

Dia 08/12 - Sob o olhar de Maria em tudo servir e amar.

Festa: 09:00 horas

Procissão: 10:30 horas

Almoço e confraternização - 12:00 horas

Além da massiva participação da comunidade, o ultimo dia contará com a presença de autoridades da igreja católica e politicas.

domingo, 28 de novembro de 2010

Menino nasce em familia rubro-negra com coração Tricolor!!!

Coração tricolor , em familia Rubro negra

 
Idenilson Brito, de 40 anos, mais conhecido como Sinho do Vitória, preparou com muito carinho a chegada de seu filho caçula. Como o apelido já diz, o torcedor do Rubro-Negro baiano preparou o enxoval do bebê com muito vermelho e preto. A notícia de mais um leãozinho na família não poderia ter sido mais festejada.
A data da chegada do pequeno Devisson, no entanto, pareceu anunciar um destino diferente. O caçula dos Britos veio ao mundo no dia 01/01/2009, mesma data de aniversário do Bahia. “Não gostei, mas achei que não significava nada. Meu filho saiu da maternidade exibindo o escudo do Vitória e tinha certeza que ele seria apaixonado pelo Leão como eu”, conta o pai.
Mas, Idenilson não contava com a peça pregada pelos amigos, que acabaria mudando a vida do bebê. “Meus colegas ficaram achando uma palhaçada vestir ele todo de Vitória e, também por conta da data, rogaram a praga de que ele seria Bahia”, revela.
Os esforços do pai rubro negro para reverter a profecia, no entanto, foram em vão. Não adiantou ensinar a gritar Vitória, comprar camisas do Leão e levar no Barradão. O coração do pequeno torcedor seguiu o caminho traçado pelas cores tricolores e, na frente de toda família, proferiu as palavras proibidas quando perguntado sobre qual era o seu time: “Bahia!”.
“Não entendo como isso pode acontecer! Esse menino é a ovelha negra da família! Um traíra! Estou sofrendo demais!”, bradou o pai que ainda teve que comprar camisa, short e gorro tricolor após uma aposta perdida. “Um colega disse que se ele falasse Vitória, daria um uniforme do Leão para ele, mas se ele gritasse Bahia, eu teria que presenteá-lo com a roupa do Bahia. Chamei meu filho no canto, repeti Vi-tó-ria bem devagar, mil vezes, pedi pra ele não me fazer passar vergonha, mas não teve jeito. Na hora que perguntaram, ele falou Bahia em alto e bom som”, relata o pai decepcionado obrigado a ver seu filho com as cores do seu maior rival.
“E o pior é que parece que ele trouxe sorte pro Bahia. Não agüento mais!”, declarou Idenilson, desesperado. “Se até oito anos ele não se tornar Vitória, vou mandar ele morar com a avó, que é Bahia”. Caso o destino aparentemente traçado para Devisson, prestes a fazer 2 anos, não mude, Idenilson vai ter que conviver com a afronta por mais seis anos.

fonte: Correio

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Parabéns Nação Tricolor!!!

Parabéns Nação Tricolor!!


Em evento realizado nessa  manhã no Hotel Hyatt, em São Paulo,a CBF, confederação brasileira de futebol, anunciou que irá homenagear a grande nação tricolor pelo  grandes públicos que levaram as arquibancadas baianas, nesse ano de 2010, segundo a CBf, ela não poderia deixar passar em branco , uma  torcida que mesmo com um  estádio de médio porte como o pituaçu , a torcida levou mais de  400.000, torcedores. mas um grande motivo para não só a nação, tricolor festejar mas também todo o povo baiano.
A premiação será no dia 6 de dezembro no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vitória dá Paleativo a Torcedor

Vitória Vence o CSA e dá um paleativo ao torcedor!!


O Vitória derrotou o CSA por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (24), no Barradão, e garantiu a classificação para a final do Campeonato do Nordeste, quando enfrentará o ABC. Com reforço de dois jogadores da equipe principal,o vitória teve certa faciliade para vencer o time alagoano,mas o que a torcida ver com preocupação que isso seja apenas um paleativo para acalmar os  torcedores,e eles  esquecerem que o vitória  está a cada dia mas perto da segunda divisão.

sábado, 20 de novembro de 2010

Torcedor faz bandeirão para comemorar a subida do Bahia

  Bahia Amor e Paixão!!!

Foi com essa  frase que um torcedor do Bahia junto com sua família construiu uma bandeira de 42 metros de diâmetros, sendo 10  metros de largura por 4,20 de altura, e neste sábado(20),o torcedor reuniu alguns amigos para assistir  ao jogo do Bahia contra o  Santo André, apesar da derrota tricolor, a festa rolou até  tarde, onde o ponto principal foi o lançamento do bandeirão, que precisou da  ajudar de oito amigos para colocar no lugar, a festa aconteceu em um bar no bairro onde o torcedor morar, o bandeirão tomou a frente da casa do dono do bar, que emprestou sua fachada para que a bandeira foi-se colocada!!
veja uma foto abaixo:

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Dezoito pessoas são detidas em operação contra o tráfico no Subúrbio


Região tem maior índice de homicídio na cidade e policia atribui isto ao tráfico


Redação CORREIO
Dezoito pessoas foram detidas acusadas de tráfico de drogas em uma operação policial em toda o Subúrbio que contou com 30 policiais da 5ª Delegacia e das 14ª, 18ª e 19ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM). Três destas continuam presas, autuadas em flagrante por tráfico e associação ao tráfico.
Batizada de "Operação Four" pelo delegado titular da 5ª CP, Antônio Carlos Magalhães, a ação policial visou o combate ao tráfico, apontado pelos policiais como um dos motivos que faz com que a o número de homicídios na região seja tão alto. O Subúrbio tem o maior número de homicídio de Salvador: de janeiro a setembro deste ano, foram 197 casos, o que representa 15,8% dos casos da capital.
De acordo com o delegado Antônio Carlos, a ação se concentrou na Fazenda Coutos, onde os traficantes brigam pela liderança do tráfico, sem chefe desde a morte de um traficante que comandava a região. Outros pontos de combate mais intenso foram as regiões conhecidas como Luso e Santo Antônio. Foram apreendidos 60 dolões de maconha, crack e uma quantidade não divulgada de dinheiro. As drogas estavam prontas para venda.
Além da 5ª CP e das CIPMs envolvidas, o GRAER prestou apoio tático, com um helicóptero que auxiliou a operação.
Acidente  entre ônibus e micro-ônibus deixa Feridos na suburbana.

Um micro-ônibus colidiu com o fundo de um ônibus agora há pouco na Ladeira da Plataforma, na Avenida Suburbana, no Subúrbio Ferroviário da capital baiana. Segundo informações da Transalvador, há feridos no local e uma viatura foi enviada para confirmar qual a real situação.
O tráfego está lento nos dois sentidos da via e a orientação é de que os motoristas evitem trafegar pela região.

Informações: site Ibahia

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Menina  morre assasinada em Periperi

A TARDE On Line
Na capital, o pintor de automóveis Wallace Lopes dos Santos, de 33 anos, mais conhecido como "Rai", foi preso em flagrante por ter empurrado uma garota contra um ônibus em movimento, na noite de domingo, 14, na Rua Vila Alegre, no bairro de Periperi. A vítima, Andressa Praxedes Araújo, que era prima da companheira dele, Valdilene Santos de Meneses, 31, morreu na hora.

O motivo da agressão teria sido uma briga do casal. Segundo o relato de Valdilene, registrado às 00h15 desta terça-feira, 15, Wallace teria cometido o crime para se vingar. Ainda de acordo com a ocorrência, os dois teriam utilizado bebidas alcoólicas antes da briga.

Wallace está detido na 5ª Delegacia, em Periperi, e se encontra à disposição da Justiça. O enterro da menina será ainda no final da tarde desta terça no cemitério Quinta dos Lázaros.

 Informações: A Tarde

domingo, 14 de novembro de 2010

Vitória cada vez mas perto do fundo do poço

Vitória  empata com o Guarani, e ver a série B , cada dia mas proximo.

O jogo começou com formações diferentes dos dois lados. Vágner Mancini fez mudanças radicais na equipe e lançou garotos como o volante Paulinho e o atacante Douglas, com a intenção de dar novo gás a um time que não vencia desde 25 de setembro. Antônio Lopes quis reforçar o sistema defensivo e escalou três volantes, deixando ainda Jonas improvisado na lateral-esquerda, já que Egídio tem características mais ofensivas.
As mudanças não adiantaram, nem para um lado, nem para o outro. O primeiro tempo teve pouquíssimas chances, mesmo assim sem perigo. No Guarani, como sempre, foi Mazola quem tentou criar as melhores jogadas, caindo pela ponta esquerda e atraindo marcação dupla do Vitória. Com a principal arma neutralizada, ficou difícil para o pior ataque do Campeonato Brasileiro.
A torcida faz sua parte, atendendo ao chamado de Vágner Mancini e comparecendo em bom número ao Brinco de Ouro. Mais de 6 mil torcedores compareceram e apoiaram o Bugre a todo momento. Aos 16 minutos, os torcedores quase soltaram o grito de gol em uma bela jogada de Apodi, que saiu driblando todo mundo e chutou em cima de Viáfara, no lance mais perigoso de um primeiro tempo horrível. O lateral também participou de um lance polêmico, no qual foi derrubado por Elkeson dentro da área. O árbitro Evandro Rogério Roman não marcou nada e ainda deu cartão amarelo para Apodi.
O Vitória sofreu com lesões na primeira etapa e Antônio Lopes já teve de queimar duas substituições antes do intervalo. Ele perdeu Jonas e Ramón, e teve de lançar Egídio e Thiago Martinelli, perdendo um pouco de força ofensiva.
O segundo tempo começou no mesmo ritmo sonolento, mas a situação foi melhorando aos poucos. Talvez porque Guarani e Vitória viram que seus rivais na luta contra a degola estavam vencendo suas partidas. Era hora de atacar a qualquer custo. E aí, Vágner Mancini lançou dois ex-titulares que ajudaram o time a pressionar o Leão: os experientes Geovane e Reinaldo.
O Bugre pressionou, com todas as suas limitações. Levou muito perigo em uma falta cobrada por Aislan, que chegou a tocar no travessão, e manteve o Vitória em seu campo de defesa na maior parte do tempo. O problema é que a equipe de Vágner Mancini deu o contra-ataque o rival. E aí veio o desespero. Aos 33 minutos, o Leão encaixou ótima jogada rápida. Júnior avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Adaílton. Sozinho, o atacante finalizou para as redes e calou o Brinco de Ouro: 1 a 0.
A apreensão da torcida durou só dois minutos. Pois aos 35, um iluminado Geovane deu um alento ao bugrino que tanto sofria nas arquibancadas. Em um escanteio desprentesioso, o meia cobrou com perfeição e fez um golaço, olímpico. Viáfara colaborou ao sair muito mal do gol, mas o belo chute de Geovane já entra como candidato a gol mais bonito deste Brasileirão.
A menos de dez minutos do fim, o Guarani tentou uma pressão final. Claramente satisfeito com o empate fora de casa, o Vitória se segurou na defesa, marcando muito, e comemorou após o apito final. Teve até malandragem de Antônio Lopes, que escondeu a bola para retardar o reinício de jogo. Mesmo conquistando apenas um pontinho, o time baiano ao menos manteve o rival na zona de rebaixamento e respirou um pouco mais na difícil batalha da parte de baixo da tabela.
Fonte:g1

sábado, 13 de novembro de 2010

De Volta a Elite do Futebol!!!!!!

Bahia Vence a Portuguesa e está de volta a elite Nacional

Com apoio da torcida do Bahia, que lotou o estádio de Pituaçu, o Bahia venceu a partida contra a Portuguesa pelo placar de 3 a 0, com dois gols do atacante Adriano 'Michael Jackson', no primeiro tempo, e um do zagueiro Nen, nos acréscimos do segundo tempo.


O triunfo coloca o tricolor baiano matematicamente garantido na Série A em 2011, chegando aos 65 pontos e assumindo a vice-liderança da Série B. Já a Portuguesa permanece no quinto lugar, com 56 pontos, três atrás do quarto colocado, o América-MG.
Com a derrota da Lusa, o Figueirense também garantiu sua vaga na elite do futebol brasileiro. A equipe catarinense fica com 63 pontos, sete acima do quinto colocado, faltando duas rodadas para o final da Segundona. O Cortiba está isolado na liderança, com 70 pontos, e disputa com o Bahia o título da competição. 
O jogo Apoiado pela torcida, o Bahia partiu para cima da Portuguesa logo no início do jogo. Aos dois minutos, o atacante Adriano perdeu uma boa chance de gol de cara para o goleiro Weverton, após vacilo da defesa de Lusa.

Mas pouco depois, aos quatro minutos, Adriano se redimiu e abriu o placar para os donos da casa. Ávine fez ótimo lançamento da intermediária, a bola desviou em Jael e sobrou para o atacante, que chutou rasteiro, marcando o primeiro gol do jogo.

Após levar o gol, a Portuguesa igualou a partida, mas sem trazer perigo ao gol de Omar. Já o tricolor baiano cadenciou o jogo, e só tentava chegar no ataque com maior tranquilidade.

Aos 25 minutos, veio o segundo gol tricolor, novamente marcado por Adriano. Após um escanteio cobrado por Morais, a bola sobrou para o atacante do Bahia, que chutou forte da entrada da área. No trajeto, a bola desviou em um defensor da Lusa, enganando o goleiro Weverton.

Perdendo por dois a zero, o técnico Sérgio Guedes colocou o experiente meio-campista Athirson, no lugar de Romero, para tentar melhorar o toque de bola no setor e criar mais chances ofensivas.

Com isso, a Lusa começou a ter melhores chances de marcar, com a mais perigosa delas aos 35 minutos. Após cruzamento de Athirson, Fabinho apareceu com perigo para marcar na pequena área, mas Ávine apareceu na hora certa para afastar o perigo.

Etapa final – No segundo tempo, a Portuguesa, precisando reverter o resultado, continuou tentando atacar o Bahia, enquanto o tricolor baiano aproveitava as chances de contra-ataque.

Em uma delas, logo aos três minutos, Adriano recebeu um ótimo lançamento e foi derrubado dentro da área por Preto Costa. Na cobrança do pênalti, o atacante Jael, que já havia perdido uma penalidade no último jogo em casa contra o Coritiba, telegrafou a cobrança no canto direito e  Weverton conseguiu defender o pênalti.

Se do lado da Lusa o goleiro defendeu a penalidade que poderia deixar o Bahia tranquilo no jogo, do lado do tricolor baiano o jovem goleiro Omar, que entrou no lugar do suspenso Fernando, deu conta do recado com algumas defesas importantes.

Mesmo com mais posse de bola na segunda etapa, a Lusa criou poucas chances de gol, com a principal delas aos 20 minutos, quando Marco Antônio dominou uma bola de fora da área e bateu colocado, saindo muito perto do gol de Omar.

Nos acréscimos, quando torcida e time já comemoravam o triunfo e o retorno para a Série A, Nen aproveitou um chute cruzado de Alison e, sem goleiro, marcou o gol que carimbou a volta do tricolor baiano para a elite do futebol brasileiro.

Próxima partida – Na 37ª rodada, no próximo sábado, 20, ambas equipes jogam às 16h (horário do estado da Bahia).O Bahia enfrenta, em Pituaçu, o Santo André. Já a Portuguesa joga no Canindé contra o Ipatinga.

Suspensos – Dois jogadores do Bahia receberam o terceiro cartão amarelo e não enfrentam o Santo André no próximo sábado, 20: o volante Marcone e o zagueiro Alison.

BAHIA 3 X 0 PORTUGUESA - 36ª Rodada da Série B Bahia: Omar; Ananias, Alison, Nen e Ávine; Marcone, Fábio Bahia, Hélder e Morais; Adriano e Jael. Técnico: Márcio Araújo.
Portuguesa: Weverton; Paulo Sérgio, Preto Costa, Maurício e Romano (Athirson); Ademir Sopa (Marcos Paulo), Gláuber, Marco Antônio e Héverton; Fabinho e Dodô (Zé Carlos). Técnico: Sérgio Guedes.
Gols: Adriano (aos 5 e 25 min da 1º etapa) e Nen (aos 47 min do 2º tempo)
Cartões amarelos: Marcone, Alison (Bahia); Preto Costa (Portuguesa).
Local: Pituaçu, em Salvador.
Público: 32.157 pagantes
Data: 13/11/2010.
Renda: R$760.737,50.
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS)
Assistentes: Alexandre A. P. Kleiniche (RS) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE).

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Bahia vence em Minas, e prepara a festa!!!



Um verdadeiro martírio. Assim foi assistir ao suado triunfo tricolor nesta terça-feira sobre o América, por 1 a 0, em Minas Gerais. Jael abriu o placar aos 27 minutos do primeiro tempo e depois, mesmo com um jogador a mais desde o fim daquela etapa, o time convidou o adversário para seu campo e sofreu um bombardeio, algumas vezes precisando contar com a sorte para a bola não entrar. A agonia só foi encerrada de modo dramático, aos 50 do segundo tempo.
Agora, ao Tricolor bastará vencer a Portuguesa no sábado à noite, em Pituaçu, que já garantirá o acesso matemático pois não poderá mais ser ultrapassado pelos concorrentes fora do G-4. Confira abaixo matéria do UOL:
"O Bahia fez valer a tradição no confronto e venceu o América-MG, por 1 a 0, na noite desta terça-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, mantendo o tabu de nunca ter sido derrotado por esse adversário. Foi o 12º jogo entre os dois adversários, que seguem no G4 da Série B do Brasileiro, e o nono triunfo baiano, além de três empates. Para garantir esse triunfo, o time baiano suportou enorme e prolongada pressão americana.
Com a vitória fora de casa, que o reabilitou na competição, depois da derrota para o Brasiliense, por 3 a 2, na rodada passada, o Bahia chegou aos 62 pontos, abrindo quatro em relação ao seu adversário desta terça-feira, mas mantendo a terceira posição, em razão da goleada do Figueirense sobre o América-RN, por 4 a 0.
Mesmo com a derrota como mandante, o América-MG não deixou sua vaga no G4, mas desperdiçou a possibilidade de manter uma vantagem mais folgada de outros clubes que tentam se aproximar. O time mineiro segue com 58 pontos, na quarta colocação, mas viu a Portuguesa, que bateu o Brasiliense, por 3 a 1, chegar a 56, apenas dois a menos, assumindo a 5ª posição, que era do Sport. O time pernambucano apenas empatou com o Villa Nova, no Serra Dourada, em 1 a 1.
Faltando três rodadas para o término da Série B, o América viu seus três companheiros de G4 se tranqüilizarem. Em contrapartida, o time mineiro terá de vencer o São Caetano, no ABC paulista, na próxima sexta-feira, às 21h, sob pena de perder sua vaga no grupo de acesso, em caso de tropeço e vitória da Portuguesa, que visita o Bahia, no sábado à noite.
O nervosismo foi um adversário adicional do América-MG no jogo contra o Bahia. Os primeiros minutos de partida foram da equipe visitante, que tentou aproveitar o descontrole do anfitrião para atacar e buscar o seu gol. A partir dos 10 min, a agremiação comandada pelo técnico Mauro Fernandes conseguiu se controlar e assumiu o domínio da partida.
Prova disso é que aos 18 min e 23 min, o veterano atacante Euller teve duas boas possibilidades, mas em ambas as ocasiões bateu para fora, errando o alvo. Na base do que não faz, leva, o Bahia abriu o marcador, aos 27 min. Em um rápido contra-ataque, o atacante Jael, ex-jogador de Atlético-MG e Cruzeiro, recebeu a bola e bateu de esquerda e acertou as redes americanas.
E o time da casa voltou a demonstrar descontrole emocional. O Bahia teve chances para se aproveitar e ampliar o placar. Numa delas, aos 29 min, Adriano cruzou e Ananias chutou para difícil defesa de Flávio. A equipe mineira continuava desarticulada em campo, errando muito e, aos 35 min, quando Jael seguia em direção ao gol, o goleiro do América fez falta no adversário e foi expulso pelo árbitro gaúcho Marcio Chagas da Silva.
“Não tinha ninguém na sobra. Tive que fazer uma falta que não precisava e ele me expulsou. Fazer o quê?”, indagou o goleiro Flávio, ao deixar o gramado. Mauro Fernandes tirou Euller para colocar o goleiro reserva França. O América ainda demorou um pouco, mas recolocou os nervos no lugar e teve uma chance para empatar, aos 47 min, quando Marcos Rocha cruzou, da direita, e Fábio Júnior cabeceou para fora.
“Tínhamos o jogo sob controle e, infelizmente, sofremos um gol de contra-ataque isso dificulta bastante, depois da expulsão fica mais complicado”, observou Fábio Júnior, que lamentou a chance desperdiçada no final do primeiro tempo. “Quase deu para empatar, mas ainda vai dar”, ressaltou o artilheiro americano, referindo-se à etapa final.
Para o autor do gol do time baiano, Jael, com um jogador a mais o Bahia tem condições de confirmar o seu triunfo, no segundo tempo. “É importante, a gente veio aqui para fazer boa partida e vencer, manter o ritmo, com um jogador a mais, fazer os três pontos aqui e conseguir um salto enorme para conseguir direto a nossa vaga no G4”, afirmou o atacante, que, no primeiro turno, marcou duas vezes na vitória do Bahia por 3 a 0 sobre o clube mineiro.
O América-MG voltou com uma mudança. Mauro Fernandes tirou o zagueiro Preto e colocou o atacante Thiago Silvy em campo, ‘corrigindo’ a mudança feita no momento da expulsão de Flávio, quando optou pela saída de Euller. O Bahia voltou com a mesma formação e buscou o segundo gol para ficar mais tranquilo no placar.
Na base da vontade e disposição, o América-MG, mesmo com um jogador a menos, tentava repetir o feito da última sexta-feira, quando perdia para o Guaratinguetá, mas virou e venceu, por 3 a 1. Fábio Júnior bem que tentou. Aos 18 min, por exemplo, ele dominou no peito e bateu, mas Fernando defendeu para escanteio.
O América empurrava o adversário para o seu campo, fechando-se na marcação e armando o bote para explorar o contra-ataque e tentar definir a partida, que seguia movimentada e muito disputada. À medida que o tempo passava, o Bahia procurava parar o jogo e fazer o tempo passar, na expectativa de garantir os três pontos. Já a equipe mandante aumentava a pressão. Aos 36 min, Rodrigo, em cobrança de falta, mandou a bola na trave. Nos descontos, até o goleiro França foi ao ataque, em cobrança de escanteio, sem conseguir empatar".
fonte: site ecbahia.com.br/ site uol

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Enem suspenso!!!

Justiça Federal concede liminar para suspensão do Enem

Juíza aceitou argumentação do MPF de que erro prejudicou estudantes.
Ministério da Educação afirma que enviará esclarecimentos.

 Do G1, em São Paulo

 A Justiça Federal do Ceará aceitou pedido de liminar do Ministério Público Federal do estado nesta segunda-feira (8), que pede a suspensão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010. A juíza da 7ª Vara Federal, Karla de Almeida Miranda Maia, aceitou a argumentação de ação civil pública do MPF, que afirma que erros no exame causaram prejuízo para os candidatos. A decisão tem efeito em todo o Brasil. Cabe recurso.

O Enem 2010 foi aplicado neste fim de semana, em todo o país. No sábado, estudantes reclamaram de erros na folha de respostas e na prova amarela. O Ministério da Educação (MEC) já admitiu as falhas.
A decisão da Justiça cita erros de impressão no cartão de respostas e nas provas amarelas, além de erros na aplicação da prova, como o caso de um repórter que entrou com um celular na sala de provas.
"A disponibilização de requerimento àqueles estudantes prejudicados pela prova correspondente ao caderno amarelo, e a intenção de realizar provas apenas para os que reclamarem administrativamente não resolve o problema. Novas provas poriam em desigualdade todos os candidatos remanescentes. Do mesmo modo, novas provas não solucionaram o problema da segurança na aplicação do exame", diz trecho da decisão.
Ainda, de acordo com a decisão, a juíza havia indeferido um pedido de liminar do MPF, que solicitava a não realização do Enem. Com os erros do exame no sábado (6) e no domingo (7), a juíza decidiu aceitar o pedido de suspensão nesta seguda-feira.
"Nada obstante, as falhas havidas na aplicação das provas do Enem nos dias 6 e 7 deste mês de novembro não só confirmam o justo receio, manifestado pelo órgão ministerial, como vão além, tornando, concretizado o justo receio em erros palpáveis e bem delineados, sobejamente justificadores do pedido liminar ora apreciado", afirma a decisão.
A juíza comenta ainda o fato de vários estudantes terem perdido tempo devido aos problemas no exame. "Além disso, há situações em que houve apenas perda de tempo precioso para o aluno. Nessas hipóteses e noutras, qual seria o remédio para essa falha de aplicação das provas? Essa transgressão dos direitos públicos subjetivos dos candidatos requer que se suspenda o processo do Enem a fim de se avaliarem, de modo percuciente, as soluções efetivas", diz outro trecho.
Em nota publicada no site, o Ministério da Educação afirmou que a preocupação da magistrada referente à igualdade de condições dos concorrentes está assegurada pela utilização da Teoria de Resposta ao Item (TRI). De acordo com o texto, a consultoria jurídica do MEC/Inep conclui esclarecimentos para a Justiça Federal do Ceará.
Segundo a nota do MEC, a TRI permite a comparabilidade no tempo. "Em 2009, por exemplo, foram aplicadas duas provas distintas em momentos distintos, em virtude de inundações em duas cidades do Espírito Santo e as provas nos presídios", diz a nota.
Ainda de acordo com o texto do MEC, com a TRI, o conjunto de modelos matemáticos usados no Enem permite que os exames tenham o mesmo grau de dificuldade. Testadas antes da prova, as questões ganham um peso que varia de acordo com o desempenho dos estudantes nos pré-testes — quanto mais alunos acertam uma determinada pergunta, menor o peso que ela terá na prova porque o grau de dificuldade é supostamente menor.
A aplicação da teoria da resposta ao item é frequente nas avaliações em testes de múltipla escolha aplicados em diversos países, de acordo com o MEC. "No Brasil, a TRI é usada desde 1995 nas provas do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que mede o desempenho de estudantes do ensino fundamental e médio. Em 2009, foi usada pelo Enem com o objetivo de garantir a comparação das notas do exame daquele ano com os seguintes", conclui a nota do ministério.


 

 

O retorno do Bahia é esperado até pela impressa paulista

Vamos  Esquadrão!!!

A Impressa paulistana já dá o Bahia na primeira  divisião  veja a reportagem do  apresentador  da Sportv e jornalista  Marcelo Barreto,texto publicado no seu blog no site globoesporte.com.

 Em blog apresentador da Sportv exalta o Esquadrão.

Da Redação


O texto abaixo foi publicado neste sábado pelo jornalista Marcelo Barreto, apresentador do "Sportv News - edição noite", em seu blog no site Globoesporte.com. Leia ou clique aqui:
"QUANDO O BAHIA SUBIR
Quando o Coritiba subir, terá sido com raça e competência para não se deixar abalar por um rebaixamento no ano do centenário. Quando o Figueirense subir, ninguém estranhará receber um time bem organizado como ele na Série A. Se o América-MG subir, será a volta de uma camisa tradicional que já conheceu até a segundona do Mineiro. Se o Sport subir, o fará com uma arrancada irresistível, para devolver ao convívio dos maiores quem há pouco venceu a Copa do Brasil e fez belo papel na Libertadores. Se a Portuguesa subir, será com uma reta final daquelas de aposentar os matemáticos. Cada acesso terá sua história, seu mérito, seu valor. Mas hoje – com a permissão dos torcedores de todos os candidatos – eu quero falar do Bahia.
Tenho uma simpatia pelo tricolor da Boa Terra que vem dos tempos de criança. Gostava do uniforme, dos Ba-Vis, do ponta-direita Osni. Nos Gols do Fantástico, as cores das imagens que vinham de Salvador pareciam mais vivas e a rede da Fonte Nova demorava mais tempo a estufar. O Bahia, para mim, sempre foi um grande. E eu o vi mostrar essa grandeza a todo o Brasil em 1988, com a elegância sutil de Bobô que inspirou o verso de Caetano Veloso. (Aliás, esse título tem uma história que merece parênteses. Um conhecido jornalista do Rio de Janeiro, cobrindo a semifinal em Salvador, dizia a todos os motoristas de táxi, imitando a forma local de pronunciar o nome do time: “A imprensa carioca está com o Baêa!” Foi uma estratégia bem-sucedida para atrair a simpatia dos soteropolitanos, até a corrida em que o taxista respondeu: “(Piiii)-se, eu sou Vitória.”)
Então, aproveito para dizer que gostar do “Baêa” não é desmerecer o Vitória. É que o rubro-negro está onde merece, entre os grandes. Enquanto isso, o tricolor sofre o mais longo afastamento da Série A entre os times mais tradicionais do Brasil. Há trajetórias mais dramáticas, como a do Santa Cruz, que despencou para a Série D e de lá não consegue sair. Mas desde 1997 – quando foi rebaixado, menos de uma década depois de ser campeão -, o Bahia passou apenas quatro anos na Série A (à qual voltou via Copa João Havelange) antes de cair de novo e conhecer a Série C.
Nessa acidentada trajetória, o tricolor perdeu jogos, perdeu a Fonte Nova interditada, perdeu credibilidade, mas não perdeu a torcida. Ao longo de uma década infeliz – em que não conseguiu se impor sequer no âmbito regional, conquistando apenas um Campeonato Baiano -, ficou claro que os torcedores eram seu maior patrimônio. Os gritos de “Baêa!” encheram estádios até na Série C. Uma vez escrevi que tamanho de torcida deveria ser contado no estádio, e por esse critério a do Bahia seria a maior do Brasil. (Era só uma licença poética, mas serviu para que eu fosse espancado em algumas comunidades na internet. Pois agora acrescento outra, mas dou o crédito para sermos linchados juntos: meu amigo Toninho Neves me disse que o Bahia é o time fora do eixo Rio-São Paulo que mais bota torcedores nos jogos fora de casa. Pronto, falei.)
Maior ou menor do que as outras, a torcida do Bahia já deu mostras da festa que fará quando seu time voltar à Série A. A recepção do time no aeroporto, depois da vitória sobre o Paraná, foi uma das imagens mais impressionantes do ano no futebol brasileiro. Não era o jogo da classificação. Era a trigésima segunda de 38 rodadas da Série B. E nem mesmo a liderança tinha sido conquistada. Mas o time chegou a Salvador nos braços do povo. Só faltou um caminhão do corpo de bombeiros – ou, sem medo de estereótipos, um trio elétrico – para o desfile triunfal. Era um anúncio, uma prévia das manifestações que estão por vir.
Porque o Bahia vai subir. A falta de lógica do Campeonato Brasileiro, seja ele de Série A ou B, se esmera em desmentir garantias como essa (até hoje Paulo Cesar Vasconcellos tem de ouvir minhas provocações pela frase que repetia no Troca de Passes em 2007: “O Corinthians não vai cair!”). Mas eu me arrisco. Porque não é só matemática, é a paixão que está traçando o caminho da volta. O Bahia, que já era grande em 1959, quando deixou para trás o Santos de Pelé e conquistou a Taça Brasil (da qual seria ainda vice-campeão em 1961 e 63, perdendo para o mesmo Santos, porque ganhar de novo do time do Pelé era brabo), vai reencontrar seu lugar entre os maiores. Eu adoraria completar: para não mais sair. Mas isso, na situação atual do futebol brasileiro, não é fácil para ninguém.
Por enquanto, só dá para dizer que quando o Bahia subir vai ser lindo".

sábado, 6 de novembro de 2010

Amor e Paixão

Torcedor do bahia junto com os familiares fazem uma bandeira  de 42 metros de diâmentro, sendo 4,20 de altura por 10 metros de largura, com a ajudar da mãe do irmão o torcedor confeciona essa enorme bandeira vejas as fotos.



PROVA DO ENEM COM ERRO DE IMPRESSÃO

Chega ao fim o primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio 2010 (Enem), às 16h30 deste sábado, 6. As avaliações na Bahia começaram às 12h (13h no horário de Brasília), já que o estado não aderiu ao horário de verão. Foram aplicadas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Cada caderno de prova consta de 45 questões. Portanto, neste sábado, os estudantes tiveram que responder 90 questões em 4h30.
Alguns colégios em Salvador tiveram alta abstenção neste primeiro dia de Enem. No Colégio Manuel Vitorino, de 640 alunos listados, 218 não compareceram. No Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, a abstenção também foi grande: um terço dos alunos não compareceu - havia 900 participantes cadastrados, mas cerca de 300 não foram prestar o exame. Segundo os alunos que começam a sair das salas de prova, o exame de Ciências da Natureza foi o mais fácil do dia.
No domingo, 7, o tempo do exame na Bahia vai das 12h às 17h30 (pelo horário de Brasília, as provas acontecem das 13h às 18h30, para os estados que aderem ao horário de verão). Serão aplicadas as questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Redação; e Matemática e suas Tecnologias. Os estudantes precisarão dar conta de 90 questões e mais a prova de Redação, no tempo de cinco horas e meia. 
O que mas chamou atenção na prova foi o erro de impressão que ocorreu, os nomes dos assuntos estavam trocado, e  em divergência com o do gabarito.

Bahia joga mal e perde para o Brasiliense!!!

Em jogo na tarde deste sábado (06) na boca do jacaré em Taguatinga distrito federal, o Bahia foi derrotado pelo Brasiliense um dos últimos colocados da serie b.
O Brasiliense, que mesmo jogando mal e saindo atrás do placar virou o jogo e ganhou por 3 a 2.
O Bahia que ocupa a terceira posição marcou o primeiro gol com Everton aos 17min e Adriano cobrado pênalti fez o segundo.
Já o Brasiliense marcou com Adriano Felício ainda no primeiro tempo e Djavan que não é o cantor, mas sim um baiano de feira de Santana, marcou no segundo tempo empatado a partida e Ferrugem fechando o caixão.
A Bahia volta jogar na terça (09) as 21: hs horário de Brasília contra América/MG na Arena do Jacaré em Minas Gerais e o Brasiliense joga também na terça (09), em São Paulo com a Portuguesa.
O jogo  foi um  tédio para se ver,o Bahia começou bem, mas no decorrer do  jogo desandou totalmente,e para piora  o juiz ainda ajudou, no lance do segundo gol, era para ter expulsado o goleiro do Brasiliense, e no lance do segundo gol , o jogador estava totalmente impedido.

Mas mesmo com o resultado ruim, o Bahia tem o que comemorar, com a derrota do Sport para o  São Caetano, a distancia do Bahia  pro  Sport que é o quinto colocado ainda continua sendo de cinco pontos. mesmo com a derrota o bahia n]ao sai do G-4, e  o sonho do acesso ainda está vivíssimo.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Amor Tricolor!!!

(por Jaqueline Santana)

Às vezes, lendo os textos postados aqui no Bahêa Minha Porra, fico lembrando das histórias que vivi ao torcer por esse time: viagem de 2 dias em ônibus ruim pra ver o time em Fortaleza, copo de cerveja na cara e escolta da polícia em Recife (1988), faltar a encontro com namorado para viajar pra Feira de Santana domingo de tarde… aff… A maior responsabilidade nisso é de meu pai: o véi Vavá.
 O véi Vavá nasceu em 1927, quatro anos antes do Bahêa, em Santo Amaro da Purificação, e veio morar em Soterópolis logo em seguida. Virou Bahêa assim que o time foi fundado e comparecia, religiosamente, a todos os jogos… No campo da Graça, na Fonte Nova e em todos os lugares mais, até no Barralixo…
 Ele só vestia roupa azul, vermelha e branca, sendo que qualquer outra cor soava como traição. Foi sócio fundador do time… Pai de 7 filhos, pensava que sacrificar seu salário de operário da ferrovia para ajudar a manter uma das suas alegrias de vida era obrigação.
Eu sou a filha caçula, nascida após a aposentadoria. Por isso, virei sua companhia no estádio. Ralei muito joelho na arquibancada, correndo e brincando quando criança, não prestava atenção ainda no jogo e ia junto porque meus irmãos não podiam ou não queriam ir mais com ele, velho e marrento… Anos depois, adolescente, habituada e viciada igualmente no time, virei sua companhia de choro e aprendi a roer as unhas pelo time.
O tempo passou, eu cresci e deixei de ir ao estádio… Mas o véi Vavá não. Continuou a sair todo domingo, com seu radinho, sua garrafa térmica e sua almofada. Quando descobriu que tinha o direito, ganhou seu passe livre pra entrar no estádio, e esse foi uma de suas maiores alegrias. Parecia um menino ouvindo seu time jogar. Sempre com os comentários de Armando Oliveira, seu ídolo, na ponta da língua.
Nesse período, passou a levar consigo também seus remédios pra asma. Sempre com seu Hamilton, companheiro de torcida. Levava também qualquer um que pudesse acompanhá-lo, inclusive um primo meu, torcedor do Lixória… Sua esperança era catequizar o cara… Tadinho… Não adiantou, o bichinho tem mau gosto mesmo…
O véi Vavá era tão viciado no Bahêa que seu humor variava conforme o resultado dos jogos. Uma das primeiras coisas que aprendi foi dormir cedo nas quartas-feiras quando o Bahêa empatava ou perdia na Fonte… Quando ele chegava, num tinha papo, quem tivesse pela frente, sobrava!!!!
Eu respeitava tanto isso nele que, mesmo após a idade adulta, nunca arrumava namorado que não fosse tricolor, porque seria o mesmo que me condenar à segregação familiar. O mesmo aconteceu com o nome da minha filha, cuja escolha teve participação do véi Vavá: eu queria que a guria fosse minha xará. Cheguei a revelar minha vontade em batizá-la de Maria Vitória, para combinar com meu nome, que significa “o vencedor”, em hebraico. O véi Vavá disse: “Se botar esse nome, deserdo!!!” Então, a guria virou Daniela, cujo significado é: “Deus é meu juiz”… E ganhou padrão completo do Baêa, antes mesmo de nascer, pra aprender cedo.
Mas o tempo passou também pro véi Vavá. Em 2002, voltando da rua num domingo, por volta das 14 horas, encontrei-o parado, a uns 200 metros de casa, amparado num poste, arfando. Não conseguiu chegar ao ponto de ônibus para encontrar os amigos. O sentimento de humilhação que vi em seus olhos ao ser amparado por mim, no retorno à casa, foi indescritível. Esse foi o sinal de que estava acabando sua jornada na Terra: não vê-lo conseguir chegar a um jogo do Baêa era um marco, nunca antes visto. Chorei escondida… E ele também.
Mas ele viveu mais um ano ainda: o suficiente para ver muitas vezes, pela parabólica, os jogos. Seis meses após sua partida, aconteceu a tragédia: o Bahêa caiu pra segunda divisão, naquele 7 X 0 contra o Cruzeiro. Eu, ouvindo o rádio, na rua, liguei pro meu marido, que estava em casa e disse, chorando: “Se meu pai não tivesse morrido, morreria hoje!!!”
O véi Vavá se foi. Mas seu amor pelo Bahêa vive ainda, em mim, em meus irmãos e em nossos filhos. Ele não tinha herança financeira pra deixar, mas ensinou a todos nós, desde criança, um grito, um desabafo, que nada mais é do que a declaração de amor por essa religião que a gente chama de time. BORA BAHÊA, MINHA PORRRRRAAAA!!!

Valeu, véi Vavá, fica com Deus!!!

Jaqueline Santana


Texto , enviado pela amiga Jaqueline  Santana ao  site "Bora Baêêêaa Minha Porrraa!!!.

Publicação autorizada pela  autora.

domingo, 31 de outubro de 2010

Dilma "A primeira mulher presidente do Brasil!!!""

 Dilma Vana Rousseff (PT), 62 anos, foi eleita neste domingo (31) a primeira mulher presidente do Brasil. Com 92,53% dos votos apurados, às 20h04, o Tribunal Superior Eleitoral informou que a petista tinha 55,43% dos votos válidos (excluídos brancos e nulos) e não podia mais ser alcançada por José Serra (PSDB), que, até o mesmo horário, totalizava 44,57% . Em um pronunciamento às 20h13, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, anunciou oficialmente a vitória da candidata do PT.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O gol do atacante Jael, de cabeça, aos seis minutos do primeiro tempo, foi suficiente para que o Bahia vencesse o Paraná, por 1 a 0, em partida disputada na noite desta sexta-feira, 29, no Durival de Britto, em Curitiba.
Com o resultado, o tricolor baiano chega aos 58 pontos e assume o segundo lugar na tabela da Série B, mas ainda pode perder uma posição até o final da rodada, caso o Figueirense vença o Sport, no sábado, 30, em Florianópolis.
O resultado deixa o Bahia muito perto de conseguir o acesso para a Série A, abrindo oito pontos para o quinto colocado, o Sport (que joga no sábado), restando seis rodadas para o final do campeonato.
Já o Paraná permanece nos 43 pontos, na 10ª posição, e praticamente dá adeus as suas remotas chances de chegar ao G-4 da Série B.
O jogo – O Bahia começou muito bem na partida, com bom passe no meio campo, criando boas chances no ataque. Tanto que, logo aos seis minutos, saiu o primeiro gol do tricolor baiano.
Ávine foi derrubado perto da área do Paraná. Na cobrança, realizada por Arílton, a bola foi na cabeça de Jael, que testou forte, sem chance para o goleiro Juninho.
Após o gol, o time do técnico Márcio Araújo acabou recuando e o Paraná, atrás no placar e empurrado por sua torcida, acabou indo para o ataque.
Mas o tricolor paranaense não conseguiu transformar seu melhor momento em chances reais de gol. Fernando, goleiro do Bahia, praticamente não trabalhou nos 45 minutos iniciais.

No fim da primeira etapa, o Bahia quase fez o segundo. Após cruzamento, Adriano, cara a cara com o goleiro Juninho, chutou para fora.

Etapa final – No segundo tempo, o Bahia jogou de forma bastante defensiva, com o Paraná sempre buscando o ataque.

Mas o time do técnico Roberto Cavalo não conseguia articular boas jogadas no ataque, parando no bom posicionamento da defesa do tricolor baiano e na ineficiência do seu ataque.

Próximos jogos - Nesta terça-feira, 2, às 20h (horário do estado da Bahia), o tricolor baiano enfrenta o líder da Série B, o Coritiba, no estádio de Pituaçu. Até esta sexta-feira, 29, mais de 12 mil ingressos já haviam sido vendidos para a partida.

Já o Paraná joga também na terça-feira, 2, em casa, contra o América-MG, às 20h50 (horário do estado da Bahia).

Paraná 0 x 1 Bahia
32ª rodada da Série A de 2010


Paraná: Juninho; Alessandro Lopes, Irineu e Luís Henrique; Murilo (Igor), Luiz Camargo, Chicão, Wanderson (Ceará) e Henrique; Kelvin e William (Somália). Técnico: Roberto Cavalo.

Bahia: Fernando; Arilton, Luizão, Nen e Ávine; Marcone, Fábio Bahia, Hélder e Morais; Adriano (Ananias) e Jael. Técnico: Márcio Araújo.

Gols: Jael (Bahia), aos 6 min do 1º tempo.
Cartões amarelos: Ávine e Luizão (Bahia); Luís Henrique (Paraná).
Local: Durival de Britto, em Curitiba (PR).
Público: 4.454 pagantes.
Data: 29/10/2010.
Renda: R$ 60.335,00.
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP).
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira (SP) e Alex Alexandrino (SP).


FONTE : JORNAL A TARDE

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Consulta do local da prova do Enem




O blog " O mundo do Jaguar" disponibiliza para todos os link para acesso ,para consulta do local da prova  do enem, basta clickar no link abaixo e vc será direcionado para a pagina:

http://sistemasenem2.inep.gov.br/localdeprova/

Boa  Sorte a Todos!!!.

domingo, 24 de outubro de 2010

"Correio chama o presidente Lula e o seu governo de farsante."

"LUIZ ZIDANE LULA DA SILVA"
Em reportagem do dia 24/10(domingo),o jornal "Correio",do grupo Rede Bahia,publicou uma reportagem onde o presidente  Lula , foi satirizado como o jogador  Zidane ex-jogador da seleção francesa de futebol, a reportagem coloca em um desenho, o presidente da republica como  o jogador acima citado, dando uma cabeçada  em José Serra, pois segundo o jornal que é da família do ex-senador ACM, o presidente Lula, é um farsante , pois ele foi uma verdadeira farsa  como presidente do Brasil, nesses  oito anos  de governo, o jornal  só esquece  que o presidente Lula tem  sempre aprovações do seu governo e de sua própria imagem acima dos 70% de aprovação desde o inicio do seu governo.
Na reportagem existe diversas frases pesadas  contra o presidentes Lula  citarei algumas.
"lula  deve desculpas a Serra.Chamou -o de mentiroso sem ver os vídeos  que reconstituem  o incidente".
Comentário: Quais  vídeos, o da Globo ou o outros, pois  todos nós sabemos que a Globo, A TV Bahia.Correio,PSDB,DEMOCRATAS, é tudo uma  coisa só.
"Se tivesse ocorrido um " um dia da farsa",com Serra simulando uma agressão,teria havido uma malfeitoria do candidato."Infelizmente  o farsante foi Lula,no exercício da Presidência da República,função que está obrigado a honrar até o dia 1º de Janeiro de 2011."
Comentário:  Então o jornal quer dizer que  os 8 anos de crescimento, que o Brasil está passando com o presidente, com todos os seus projetos , que ajudaram a mudar  a  imagem do Brasil para o mundo é uma  farsa, que o PAC,BOLSA FAMÍLIA, PRÉ- SAL ,dentre outros projetos são uma farsa.
tirem suas conclusões.

Texto: Cássio Alvim
Texto feito em cima da reportagem feita no Jornal "Correio" do "Grupo Rede Bahia" do dia 24/10/2010(domingo), na pagina 24,do Jornalista "Elio Gasparini".

A caminhada Dilma Presidente melhor para o suburbio foi as ruas do Bairro de Periperi neste Sabado(23)

Na manha deste sábado (23), uma caminhada denominada, Dilma presidente melhor para o subúrbio. Com militantes do PT e PSB juntos com lideranças religiosas e comunitárias saíram às ruas de Periperi subúrbio ferroviário, declarando apoio e pedido voto para candidata petista a presidência da republica.
No percurso os militantes relembravam o fechamento do banco do Brasil em Paripe, sucateamento do INSS de Periperi na gestão do então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).
Para Arnaldo Anselmo morador do bairro de Nova Constituinte, em tom emocionado falava que há quase 20 anos o bairro não tinha investimento em infraestrutura, e hoje com o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do governo do Lula coordenado pela ex-ministra Dilma chegou o investimento de 42milhões para urbanização e construção de novas moradias. Wilson Costa morador da rua da gloria aponta os investimentos no sistema viário de salvador a via expresso que vai melhorara em muito no deslocamento da população que usa sistema de transporte de salvador principalmente os suburbanos. Relembrou também o processo da vinda da Caixa Econômica federal o terceiro branco em todo região suburbana, no bairro de Periperi. Eles fecharam o branco do Brasil em Paripe, e Lula junto com a Dilma trouxe CEF, como não seguir em frente. Sergio Batista destacou a competência de Dilma quando Ministra de Minas Energias, pois antes tinha apagão racionamento de energia, causando retração da economia parando produção nas fabricas e desempregando vários trabalhadores. Dilma a rumou a casa reestruturando o setor construindo hidrelétrica, e ninguém ver falar em apagão e sim em crescimento econômico vivenciado na compra de carros, motos, computador para famílias que antes não tinham nada. Pastor Vitor da Igreja Batista da Vitoria, declarou seu voto e apoio e disse que muitos evangélicos estão com Dilma.A dona de casa Sonia tambem faz coro com pastor "precisamos eleger a primeira mulher presidente não ser melhor dos que os homens,mas para da continuidade o que Lula começou, sou católica e digo que muitos católicos estão com Dilma".  
 A caminhada foi saudada por pessoas que pediam estrela e bandeiras ao longo do trajeto que teve sua finalização na praça cabocla na rua dos coqueiros.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Começa hoje (21) em Periperi Jogos da Periferia

Começa Hoje (21) e vai ate o dia (24) na praça da revolução em Periperi subúrbio ferroviário os Jogos da Periferia. O evento é uma realização do Ministério dos Esportes, em parceria com ONGs do subúrbio que durante 4 dias desenvolverá  ações que estimule a pratica saudável de esporte, com palestra e exibição e oficinas  de esporte radicais e tradicionais como tirolesa,rapel,basquetebol,e futebol ,além de apresentações musicais.
Abertura esta prevista para 14hs  e contara com presenças de autoridades municipais estaduais e representantes do Ministério dos Esportes.  

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Agendão Pró-Dilma no Subúrbio


Na Plenária "Dilma presidente melhor para Subúrbio", realizada na noite desta quarta (20)  em Periperi, com participação das militâncias do PT e PSB e grandes lideranças comunitárias. Foi feito um balanço da campanha no subúrbio pelos presidentes das zonais do PSB (Arnaldo Anselmo) e PT (Genivaldo Ribeiro).
 Além do papel de toda militância de ganhar votos em cada comunidade ali presente, foi dados os informes das mobilizações que acontece em toda cidade,  pró-Dilma. Foram feitas propostas de mobilização pelos companheiros Sergio Batista, Wilson Costa, Vandilson Trindade, Alberto, aprovada pela plenária como:
 
Caminhada Dilma Presidente Melhor para o Subúrbio
Dia: 23/10
Horário: 09hs
Local: da Praça da revolução a Praça do Sol em Periperi
 
Panfletagem em Fazenda Coutos (Com Companheiro Zé Leite e toda militância)
Dia: 24/10
Horário: 09hs
Local: entrada da Fazenda Coutos
 
"Panfletagem nas Escolas e Igreja de Periperi com material especificos durante toda a semana"
 
Plenária de Dilma no bairro de Nova Constituinte
Com indicativo para segunda (25) aguardando confirmação do local e horário
 
Panfletagem no Rio sena Terezinha (Alberto assessor de Vânia Galvão)
A confirmar dia, local e local
 
Grande ato pró-Dilma e posse do diretório da 4ª Zona
  Dia: 30/10
  Local: Esporte clube Flamenguinho Periperi
  Horário: 09hs   
 
Além de atividades individuais e coletivas de cada militante nas igrejas,escolas, associações, ruas, bares em pró-Dilma Presidente 13 melhor para o subúrbio  
 
 
Vamos à luta
 
Dilma Presidente 13
PT /PSB da 4ªe 15ª zonais
 

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Plenária em apoio a Dilma no Subúrbio

Grande Plenária  em apoio a  Candidatada  Dilma  no Subúrbio




Ola Galera a Militancia do PT e PSB da 4 Zonal, convida a todos e todas para a plenária de Dilma Presidente no do Barsil melhor para subúrbio, no dia 20/10 as 19hs no Centro Comunitario Paroquial na praça da Revolução em Periperi. na rua da Cesta do povo.
Pauta
Informes
Mobilização
A plenária contará com presenças  de grandes lideranças religiosa e comunitarias da região.
Cássio Alvim(Membro do grupo Apostolado da Oração da Igreja Católica)
Sergio Batista
Arnaldo Anselmo(Associação Nova Constituinte)
Genivaldo Ribeiro ( Tico),(Presidente da 4 zonal do PT)
Vandilson Tindade
Ivonildes (kil)
desde já agradeçemos  a  sua  presença !!!


Apoio:
www.omundodojaguar.blogspot.com
www.semprenaluta39.blogspot.com

Trens não são limpos há 11 dias e sistema pode parar de novo

Os trens que ligam o subúrbio ferroviário de Salvador ao bairro da Calçada estão há 10 dias sem ser submetidos a limpeza. Isso se deve ao atraso no pagamento dos salários dos funcionários das empresas Sintra e Promat, que realizam o trabalho terceirizado para a Companhia de Trens de Salvador (CTS), subordinada à Secretaria Municipal dos Transportes e Infraestrutura (Setin).
Revoltados com a situação, os trabalhadores realizaram manifestação nesta segunda-feira, 18, a partir das 10 horas, em frente à sede da Prefeitura de Salvador, na Praça Thomé de Souza. Eles reclamam que aguardam o pagamento desde o dia 8 de outubro. Os funcionários ameaçaram ocupar a prefeitura e só sair de lá quando o mês de setembro e outros direitos trabalhistas fossem pagos. O grupo chegou mesmo a ocupar a Câmara de Vereadores de Salvador, mas saiu do local no início da tarde.
Informações: atarde

domingo, 17 de outubro de 2010

SERRA MENTE! FAT – Foi criado pelo P.L. nº 991, de 1988, de autoria do deputado Jorge Uequed(PMDB-RS)



Propaganda enganosa: Serra mente sobre FAT e Seguro Desemprego

José Serra (PSDB) afirmou, na TV, ser o criador do Fundo de Amparo ao Trabalhador - FAT - e do Seguro Desemprego. O locutor do programa do PSDB repetiu várias vezes: "Foi o Serra que criou o maior patrimônio dos trabalhadores brasileiros, o FAT, Fundo de Amparo ao Trabalhador. Ele criou também o Seguro desemprego". Um levantamento feito com dados da Câmara dos Deputados revela que Serra mentiu.

A campanha de José Serra (PSDB) tem batido na tecla de que foi ele o responsável pela emenda à Constituinte que propiciou a criação do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e que ele também teria sido o grande responsável pela criação do Seguro Desemprego. “Foi o Serra que criou o maior patrimônio dos trabalhadores brasileiros, o FAT, Fundo de Amparo ao Trabalhador. Ele criou também o Seguro desemprego”, repetiu várias vezes o locutor do programa do PSDB, levado ao ar esta semana na TV.

Ele mesmo também não se cansa de alardear aos quatro cantos. “Fui o autor da emenda à Constituição brasileira que instituiu o que veio a ser o Fundo de Amparo ao Trabalhador, o FAT”. “O Fundo, hoje, é o maior do Brasil e é patrimônio dos trabalhadores brasileiros, e financia o BNDES, a expansão das empresas, as grandes obras, os cursos de qualificação profissional, o salário dos pescadores na época do defeso”, diz. “Graças ao FAT, também, tiramos o Seguro Desemprego do papel e demos a ele a amplitude que tem hoje”, repetiu o tucano na Convenção Nacional do PTB.

Mas, a realidade dos fatos não confirma as afirmações de José Serra e nem as de sua campanha. O Seguro Desemprego não teve nada a ver com sua atuação parlamentar. Ele foi criado pelo decreto presidencial nº 2.283 de 27 de fevereiro de 1986, assinado pelo então presidente José Sarney. O seguro começou a ser pago imediatamente após a assinatura do decreto presidencial. O ex-presidente José Sarney já havia desmentido as declarações do tucano em relação ao Seguro Desemprego. “Não sei de onde ele [Serra] tirou que criou o seguro-desemprego. O seguro foi criado no meu governo. Na época, ele [Serra] era secretário de Economia e Planejamento do governador Franco Montoro”, explicou o senador.

Depois, a Constituição Federal, promulgada em 5 de outubro de 1988, determinou em seu art. 239, que os recursos provenientes da arrecadação das contribuições para o PIS e para o PASEP fossem destinados ao custeio do Programa do Seguro Desemprego, do Abono Salarial e, pelo menos quarenta por cento, ao financiamento de Programas de Desenvolvimento Econômico, esses últimos a cargo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES.

Fomos então pesquisar a data exata da criação do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) já que Serra diz que foi uma emenda sua que propiciou a criação do fundo. Está lá nos anais da Câmara. O FAT foi criado pelo Projeto de Lei nº 991, de 1988, de autoria do deputado Jorge Uequed (PMDB-RS). O projeto diz textualmente: "DISCIPLINA A CONCESSÃO DO SEGURO DESEMPREGO, NA FORMA QUE ESPECIFICA, E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. NOVA EMENTA: REGULA O PROGRAMA DO SEGURO DESEMPREGO, O ABONO SALARIAL, INSTITUI O FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR - FAT, E DA OUTRAS PROVIDENCIAS".

Como José Serra seguia insistindo em afirmar que foi ele o autor da lei que criou o FAT, fizemos então uma extensa pesquisa nos arquivos da Câmara dos Deputados da década de 80 e 90. Lá confirmamos que José Serra não está falando a verdade. Ele apresentou o projeto de lei nº 2.250, de 1989, com o objetivo de criar o Fundo de Amparo ao Trabalhador. Foi apresentado em 1989. Portanto, não foi na Constituinte, como ele diz. O seu projeto tramitou na casa e foi considerado PREJUDICADO pelo plenário da Câmara dos Deputados na sessão do dia 13 de dezembro de 1989. O resultado da tramitação pode ser visto no link abaixo, da Câmara Federal: (www.camara.gov.br/internet/sileg/Prop_Detalhe.asp?id=201454) . Os deputados consideraram o projeto prejudicado pelo fato de já ter sido apresentado o PL 991/1988, de autoria do deputado Jorge Uequed (PMDB). Ou seja, um ano antes de Serra já havia a proposta de criação do FAT.

Nem o FAT foi criado por Serra e nem o Seguro Desemprego “saiu do papel” por suas mãos, como afirma a sua propaganda. A campanha tucana sobre Serra ter criado o FAT e “vestir a camisa do trabalhador” está, portanto, toda ela baseada numa farsa e numa mentira.

Fonte: Hora do Povo